Translate

sábado, 29 de junho de 2013

O que ainda me fazes sentir...


(Antes de ler, dê play no vídeo, para acompanhar a leitura) 
Gosto de partir, mas não gosto de chegar, ainda que sinta aquele sentimento de receio, de negação, sinto vontade de descoberta de investir nesse futuro, nessa partida… não gosto de chegar, não gosto do sentimento da chegada, não gosto do caminho de regresso, da tristeza que provoca em mim. Na viagem de comboio de ontem, os meus pensamentos discutiam com o meu coração, a discussão foi longa e os meus olhos fraquejavam, manifestavam a tristeza que a minha alma estava a sentir, o coração entrava num aperto descomunal, com aquele dilema com que ambos se debatiam, estava a partir para aquela cidade que tanto adoro, onde me encontro com a paz, com a reflexão, com o meu mundo, enquanto pensava em “nós” ou na falta do “nós”. Refleti na minha vida amorosa, ou na falta dela! Não quero colecionar corações, quero apenas um amor único, de uma só pessoa, guardar o meu coração intato para o dia em que me disseres, que chegou a hora. Não quero alguém ocasional, quero alguém que se decida a ficar comigo. Eu sou dependente do amor, faço dele meu vício, sou do tipo que adora nomes queridos, que se derrete com palavras mansas e que se apaixona por atitudes. Quando me apaixono, vivo para essa pessoa, fecho as portas e só te vejo a ti, nada mais neste mundo importa, mas mesmo assim nunca te sufoquei, nem questionei, talvez tenha sido o meu erro, não ter gritado contigo, não ter implorado para vires ter comigo. Sinto-me encurralada, e ainda presa ao teu coração, não me consigo libertar, porque não sei se quero essa liberdade para mim. Quero ser tua, de noite e de dia, quero ser tua o tempo inteiro, quero que voltes e me ames incondicionalmente, quero o teu calor junto do meu, quero o teu toque, os teus beijos, quero o teu corpo junto do meu, quero a febre do nosso amor, quero tudo, quero te a ti! Amo o amor, e gostava que me acompanhasses na minha jornada, que tivesses orgulho em mim, e que no fim dissesses, "aquela é a minha namorada, a pessoa que me completa…" o tempo é demasiado escasso, as tuas palavras são nulas, os teus abraços inexistentes, e o meu mundo desaba por estares longe, por me fazeres sofrer, por não te importares, mas mesmo assim eu quero-te demais, eu quero-te todo, eu quero-te só para mim! Neste momento eu digo, que o meu coração é uma casa desabitada, e que nela sinto-me um ser pequenino, uma alma sofrida, um pedaço de nada… não posso fugir, porque eu simplesmente não quero!
 

14 comentários:

  1. Olha, sabe o que eu acho sobre o amor ? Acho que a culpa não é de ninguém quando um relacionamento n ão dá certo, porue a gente não controla essas coisas. Todas essas dicas sobre como conquistar alguém ou manter um namoro, é tudo uma garnde bobagem. O amor é a coisa mais louca e bizarra que existe no mundo e deve ser por isso que todo mundo gosta tanto de senti-lo.
    EU curti muit seu blog.
    Beijos
    barradosno-baile.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem razão, o amor é o mais estranho enigma, se as pessoas não complicassem tanto, todos poderiam ser mais felizes!
      Obrigada por gostar do blog.
      Beijos

      Eliminar
  2. Adorei <3 , a música caiu super bem ..
    Ta perfeito !
    www.sonhando-porai.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sara, você é perfeita, e dá sempre comentários perfeitos, obrigada pelo carinho que me dá :) <3
      Bjs

      Eliminar
  3. Li ouvindo a música... Lindo texto! :')

    controversias-blog.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Carol, por gostar, é muito importante para mim saber as vossas opiniões.
      Bjs

      Eliminar
  4. o texto ta perfeito ainda mais com a música haha ameei! vim retribuir sua visitinha, ja estou te seguindo! pode me seguir tb?

    Beijooos, http://garotaa-complicadaa.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  5. Tudo tem seu tempo... Deus tem alguem maravilhoso a sua espera ;D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero bem que sim, acredito nisso. Obrigada pela visita aqui.
      bjs

      Eliminar
  6. Oii obrigada pelo carinho
    Amanhã terá post novinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De nada, eu é que agradeço !
      Espero pelo post de amanhã :)
      Bjs

      Eliminar
  7. Sempre mandando muito bem nos seus textos, lindo!

    http://senhoritapriscila.blogspot.com
    Curti a fan page? (www)
    @priscilafrr,
    beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Priscila, obrigada pelo elogia, e por ter gostado :)

      Beijo

      Eliminar